Veja como foi a 2a. Temporada

EPISÓDIO T2E01

FILOSOFIA, GESTÃO E NEGÓCIOS

A ERA DO PENSAMENTO SISTÊMICO

REALIZADO EM: 11/02/2021
DURAÇÃO:
 3h 05min

FEATURING: Russel Ackoff, Peter Drucker, Daniel Bell, Immanuel Kant, Aristóteles, Alicia Juarrero

A Era Moderna está ficando para trás... o que vem depois?

Uma mudança de era tem sido detectada e explorada por grandes autores desde a metade do século. Agora no século XXI nós sentimos os efeitos dessas mudanças. O pensamento sistêmico é a nova forma de pensar que tem nos levado ao mundo que vivemos. É hora de conhecê-lo para podermos entender melhor esse mundo. 

Foi transformador descobrir: 
Como Daniel Bell nos ajuda a entender qual é o novo modelo de sociedade em que vivemos e qual o modelo que ficou para trás.
Como Peter Drucker explica a transição da visão de mundo cartesiana baseado em causalidade linear para uma visão sistêmica baseada em modelos configurativos
Como Alicia Juarrero nos ajuda a entender como substituir o modelo de causalidade linear para restrições e condições

EPISÓDIO T2E02

CIÊNCIA COGNITIVA, FILOSOFIA E GESTÃO

GESTALT: A ORGANIZAÇÃO ESTRUTURAL FUNCIONAL

REALIZADO EM: 18/02/2021
DURAÇÃO:
3h 03min

FEATURING: John Vervaeke, Platão, Aristóteles, Alicia Juarrero, Immanuel Kant

Conheça o que é e como identificar a organização funcional estrutural dos sistemas

No segundo episódio aprendemos a identificar a Gestalt dos sistemas. A organização estrutural funcional está em tudo a nossa volta e, nos sistemas, representam o que há de mais importante e, ao mesmo tempo, de mais misterioso em sua composição.

Foi transformador descobrir: 
Como é necessário aprender a mapear os padrões que se manifestam no mundo com os padrões que estruturamos em nossas mentes para conseguir lidar com os problemas que se apresentam
Como Platão e Aristóteles nos dão a base para começarmos o processo de identificação desses padrões
Como os padrões acabam se mapeando na organização funcional estrutural dos sistemas e como isso abre as portas para entendermos a sua Gestalt
Como podemos ver os padrões em ação no mundo real por meio de um diagrama de loop causal em um exemplo concreto de observação do problema de especialização de colaboradores em uma empresa.

EPISÓDIO T2E03

CIÊNCIA COGNITIVA, FILOSOFIA E GESTÃO

A TELEOLOGIA DOS SISTEMAS

REALIZADO EM: 25/02/2021
DURAÇÃO:
2h 48min

FEATURING: John Vervaeke, Aristóteles, Alicia Juarrero, Donella Meadows, Russel Ackoff, Alisson Vale

O que são, para que servem e como os sistemas podem nos ajudar a ver o mundo

Nesse terceiro episódio vamos investigar os sistemas sob a ótica de seus propósitos. A Teleologia nos ajuda a ver o mundo por meio da interconexão de propósito entre os seus elementos e é isso que vamos estudar juntos nesse episódio do We.

Foi transformador descobrir: 
Como os gregos antigos criaram uma estrutura de significado capaz de explicar o mundo e o nosso papel neles, e como isso nos ajuda a olhar para o mundo sistemicamente
Como os sistemas podem ser definidos e enxergados ao nosso redor. Como o propósito dos sistemas não necessariamente reflete o propósito individual de suas partes e como deduzir propósito a partir do seu comportamento.
Como a tipologia de sistemas do Russel Ackoff nos ajuda a saber que tipos de modelos usar quando lidamos com os sistemas ao nosso redor.
Como o modelo teleológico altera a percepção sobre projetos de software, podendo nos levar a muito mais eficácia de entrega e planejamento.
Como o propósito oferece um significativo ponto de alavancagem para mudarmos projetos, empresas e organizações em geral.

PRÓXIMO EPISÓDIO: T2E04

GESTÃO E NEGÓCIOS

RECONSTRUINDO AS ORGANIZAÇÕES COM O PENSAMENTO SISTÊMICO

PREVISTO PARA: 18/03/2021

FEATURING: Russel Ackoff, Edwards Deming,Thomas Wedell-Wedellsborg, Arie de Gues, Jim Highsmith, Jean Piaget, Peter Senge

Como as organizações do século XXI devem ser construídas

No quarto episódio do We, previsto para 18/03, vamos explorar os trabalhos de Peter Senge, Russel Ackoff e Arie de Gues para começar a entender como o pensamento sistêmico pode ajudar as empresas que querem sobreviver e prosperar no século XXI.

Foi transformador descobrir:
Como os sistemas de educação e o sistema de administração das empresas estão intimamente ligados e como eles reforçam uns aos outros
Como temos dificuldade para diagnosticar problemas e qual seria o caminho para uma nova forma de encará-los.
Como confundimos os meios com os fins ao entender o papel das empresas e qual é de fato o propósito de uma empresa, e como isso afeta sua organização
Como a construção de organizações que aprendem são uma realidade inescapável dentro do cenário de mundo que vivemos.
As 5 disciplinas de Peter Senge para construir uma organização que aprende.

PRÓXIMO EPISÓDIO: T2E05

SYSTEMS THINKING

INTRODUÇÃO A MODELAGEM
DE SISTEMAS DINÂMICOS

REALIZADO EM: 25/03/2021

FEATURING: Donella Meadows

Como modelar sistemas dinâmicos

No quinto episódio do We, começamos a entender a linguagem dos modelos que nos permitem enxergar os sistemas e sua dinâmica.

Foi transformador descobrir:
Como os sistemas dinâmicos estão presentes em todos os lugares e como podemos começar a vê-los
Sobre a natureza dos ciclos de feedback e seus elementos fundamentais.
Como os modelos podem ser poderosos aliados para expor nossas suposições sobre como o mundo funciona
Como o entendimento de causalidade e correlação e também de linearidade e não-linearidade afeta a nossa capacidade de ver de forma adequada as relação entre os elementos do sistema.

EPISÓDIO T2E06

SYSTEMS THINKING, GESTÃO ÁGIL

O PENSAMENTO SISTÊMICO APLICADO A PROJETOS DE SOFTWARE

REALIZADO EM: 01/04/2021

FEATURING: LeSS, Don Reinertsen, Jay Forrester, Toyota

Aplicando o pensamento sistêmico a projetos de software

No sexto episódio do We, começamos a ver como os diagramas de loop causais podem ajudar na análise de problemas em projetos de software.

Foi transformador descobrir:
Como o pensamento sistêmico está inserido nos principais métodos Ágeis para desenvolvimento de software.
Como o framework LeSS adota o pensamento sistêmico como princípio
Como a turma do Lean entende a diferenciação entre Condições e Causalidade
Um exemplo prático de modelagem sistêmica para o problema de um backlog que nunca pára de crescer.

EPISÓDIO T2E07

SYSTEMS THINKING

LEIS SISTÊMICAS

REALIZADO EM: 22/04/2021

FEATURING: John Sterman, Peter Senge, Alisson Vale, Humberto Maturana, Henrique Santana

Explorando as Leis Sistêmicas

No sétimo episódio do We, conhecemos as leis propostas pelos grandes líderes do pensamento sistêmico que nos ajudam a entender melhor os sistemas e, assim, fazer intervenções de maneira apropriada.

Foi transformador descobrir:
Como a lei da Policy Resistance se aplica na prática
Como as leis desenvolvidas por Peter Senge nos guiam quando precisamos entendê-los e fazer intervenções
Como precisamos substituir a nossa visão de mundo orientada a eventos por uma visão orientada a feedback
Como a identificação e o desenvolvimento de modelos mentais são chaves para a intervenção em problemas sistêmicos.

EPISÓDIO T2E08

SYSTEMS THINKING

ARQUÉTIPOS

REALIZADO EM: 06/05/2021

FEATURING: Peter Senge, Chris Argyris, Donella Meadows, Jay Forrester

Descobrindo a estrutura dos sistemas por meio dos Arquétipos

No oitavo episódio do We, descobrimos como "ver" a estrutura dos sistemas e como obter alavancagem por meio dos arquétipos mais comuns documentados pelos grandes nomes do Pensamento Sistêmico.

Foi transformador descobrir:
Como os ciclos de feedback se manifestam em estruturas de criação de ordem (positivo) e de restauração ao último estado de ordem (negativo)
Como os ciclos de feedback se integram para gerar um estado configurativo, que por sua vez reflete uma condição ambiental, que produz os eventos que vivenciamos no dia-a-dia.
Os 3 níveis de onde emergem os padrões que explicam os fenômenos (eventos, padrões de comportamento, a estrutura do sistema)
Como as rotinas defensivas, propostas por Chris Argyris, nos ajudam a explicar o que está envolvido nos cenários em 'sabemos o que precisa ser feito, mas não fazemos'
Como funcionam os arquétipos mais comuns que nos ajudam a olhar para a estrutura dos sistemas: Balanceamento com retardo, limites para o crescimento, transferência de responsabilidade, metas declinantes, escalada, sucesso para os bem-sucedidos, tragédia dos comuns, correções que falham, crescimento e subinvestimento.

MATRICULE-SE AGORA!

A 2a. Temporada do We já está rolando com o tema:

O PENSAMENTO SISTÊMICO

Ainda não conhece o We? Saiba mais aqui...

E continue essa jornada de transformação intelectual para que você possa tornar-se quem é, fazer mais, conhecer muito e fomentar harmoniosas relações com os outros e com o mundo. 

Copyright Software Zen. Todos os direitos reservados. 

EPISÓDIO T1E01

TÍTULO: LIFELONG LEARNING: A PROPOSTA
DURAÇÃO: 2h 30min
DISCIPLINAS: PSICOLOGIA
FEATURING: Alain de Boton, Aristóteles, Abraham Maslow, Peter Jarvis e Alvin Toefler

    ROTEIRO DO EPISÓDIO:

  • [PALESTRA] Alain de Botton, Aristóteles, Techne e Sophia
  • Sophia vs Techne
  • Wise & Effective e a integração do que somos com o que fazemos
  • Por que estamos aqui?
  • Alain de Botton e o desaparecimento do psicológico no mundo moderno
  • A inversão de predominância do Techne em relação ao Sophia na modernidade
  • A hierarquia de necessidades de Maslow
  • A nova configuração requerida pelo mundo contemporâneo
  • O exemplo do Airbnb
  • A conversa de Brian Chesky com Alain de Botton
  • [ARTIGO] Douglas Atkins em como o Airbnb encontrou o seu propósito e porque é um bom propósito
  • [VIDEO] A história da nova logomarca do Airbnb
  • O propósito como forma de subir na pirâmide de necessidades psicológicas
  • Para que subir na pirâmide? 
  • Autorrealização: o diferencial é ser igual a si mesmo
  • [LIVRO]Maslow em 'Motivation and Personality': O que você pode ser, você deve ser
  • A autorrealização e o tornar-se quem se é
  • A Psicologia Humanista e a Filosofia Existencialista
  • Lifelong Learning como uma terceira via
  • [LIVRO] Peter Jarvis em 'Human Learning': O aprender é um processo existencial
  • Educação vs Aprendizado
  • [LIVRO] Alvin Toffler em 'Future Shock': As escolas do amanhã
  • A proposta do Lifelong Learning
  • O 'tornar-se' e a geração de uma biografia
  • [LIVRO] Peter Jarvis em 'Human Learning':Integrando-se a sua biografia
  • [LIVRO] Carlo Ginzburg em 'O queijo e os vermes': A biografia de um comum
  • O Wise & Effective: como vai funcionar?
  • Fazendo a transição da "Educação" para o "Aprendizado"
  • Fazendo a transição do "Curriculum Vitae" para a "Biografia"
  • Os livros e autores que estudaremos juntos
  • Os temas que exploraremos durante a temporada
  • As atividades que faremos e o calendário
  • O encerramento da 1a. temporada
  • Perguntas e Respostas
Close

EPISÓDIO T1E02

A ORIGEM DO 'EU' QUE APRENDE

DURAÇÃO: 3h 04min
DISCIPLINAS: ANTROPOLOGIA, PSICOLOGIA
FEATURING: Ernest Becker, Charles Sherrington, Ivan Pavlov, Sigmund Freud

roteiro do episódio:

T1E02: A origem do ‘eu' que aprende
A Antropologia como a história de nós como seres humanos
Ernest Becker
Capítulo 1 - The man-apes
O gosto por carne
O cérebro vem só depois
A caça como o grande estímulo
O ciclo de feedback da busca por carne
O jogo da relação social
É o que você dá, não o que obtém
Paz interna
A singularidade do sub-humano primitivo
Reflexões sobre aprendizado
Capítulo 2 - As origens da mente
Charles Sherrington
A mente como estilo de reação ao ambiente
Mentalizando o mundo
O Reflexo Direto
No mundo das esponjas
O Reflexo Condicionado
O Experimento de Pavlov
A primeira liberação do ambiente
O uso de ferramentas pelos primatas
Subindo o grau de autonomia no reino animal
Subindo o nível de significado
O comportamento simbólico
O ser humano como criador do estímulo
O desenvolvimento da mente como libertação progressiva da reatividade
Decidindo a 'o quê’ se vai reagir
O que mais herdamos na nossa árvore genealógica?
A forte relação mãe-prole
A consequência da dependência desamparada
A herança mamífera
Aprendendo por imitação
Balanceando auto-afirmação com as demandas de viver em grupo
Uma ordenada simplificação do ambiente inter-individual
Amadurecer é aprender
Reflexões sobre aprendizado
Capítulo 3: O que nos torna homo sapiens?
O Cortex Cerebral
O giroscópio interno
O ego e o retardamento da resposta
A Psiqué Freudiana: o id, o ego e o superego
O id
Sobre o conhecimento do tempo e da morte
Esquema explicativo
A função protetiva do ego
O ego como instrumento de prevenção da ansiedade
Controlando a ansiedade
Keep a cool head
O ego rudimentar
Um verdadeiro ego
O edifício verbal de Harry Sullivan
A linguagem como formadora do 'eu’
O pronome pessoal e a auto-consciência
Se transformando em um real indivíduo
A tragédia do indivíduo e o custo a se pagar por ela
Primeiro 'mim', depois 'eu’
A descoberta de si mesmo
Auto-objetificação
O ser humano como aquele que vê a si mesmo como um objeto
Quando o seu mundo é construído de fora pra dentro
Um paradoxo em forma de legado evolucionário
O superego
A consciência como experiência social
O dualismo da experiência
Internalizando o significado das ações
Recorrendo ao organismo
O aprendizado auto-dirigido
Nos tornando indivíduos
O aprendizado adulto
Reflexões sobre aprendizado
Perguntas e Respostas
Close

EPISÓDIO T1E03

QUEM É ESSE 'EU' QUE APRENDE?

DURAÇÃO: 3h 04min
DISCIPLINAS: NEUROCIÊNCIA
FEATURING: Annaka Harris, David Eagleman, David Chalmers, Thomas Nagel, Sam Harris

roteiro do episódio:

No episódio anterior...
T1E03: Quem é o ‘eu' que aprende?
A neurociência
A ciência cognitiva
Quem somos nós?
O produto da mente
O edifício verbal como produto da aplicação da linguagem a uma mente sofisticada
Como a mente cria um edifício verbal?
Predictive Processing
Acertando a bola de tênis
Annaka Harris
Como ouvir Audiobooks
Reflexões sobre aprendizado
Fazendo o ‘binding' da raquetada
David Eagleman: seu cérebro faz truques de edição para contar uma história
O ‘binding' como gerador de significado
Binding: como a mente cria um edifício verbal
O que vem depois do edfício verbal?
Revisão: O pronome pessoal e a auto-consciência
A origem da consciência
Como usamos o termo
Da relação objetiva para a experiência subjetiva
O salto para o subjetivo
Annaka H: A consciência como experiência
‘The hard problem of consciousness’
Annaka H: Do algo para o alguém
‘The Hard Problem’ por David Chalmers
Thomas Nagel e o organismo consciente
What is like to be a bat?
Consciência é experiência
O fenômeno da consciência
Consciência, auto-consciência e o Self
Auto-consciência: a consciência que observa
Annaka H: O Self
O self e o modelo de si
A ilusão do Self
Annaka H: O Self
Annaka H: Interrompendo o binding
Default mode network
Selflessness
Por que a desativação do self seria uma coisa boa?
Reflexões sobre aprendizado
The Kanizsa square
Vivendo a ilusão
A estrutura da psiqué: do neurológico à consciência
Como a estrutura da psiqué gera comportamentos e decisões
Annaka H: A consciência é a última a saber
Estudos revelam quem realmente decide as coisas em você
Sam Harris
Sam Harris: A origem inconsciente da vontade
Sam Harris: Quem realmente decide sobre o seu café da manhã?
Sam Harris: O impulso não é criado, ele aparece
Sam Harris: Como bate o coração, aparece a vontade
Sam Harris: O pensamento sem autoria
Sam Harris: Quem decide o que você decide?
O que a série ‘Dark’ nos ensina sobre isso
Quando um sistema filosófico não te representa mais
Como a estrutura da psiqué pode aprender de forma que podemos mudar o nosso próprio comportamento?
Quem é esse ‘eu’ que aprende?
O ‘eu’ que aprende
No próximo episódio...
Perguntas e Respostas
Close

EPISÓDIO T1E04

O MAIS PODEROSO DOS APRENDIZADOS

DURAÇÃO: 3h 08min
DISCIPLINAS: NEUROCIÊNCIA, FILOSOFIA
FEATURING: Antonio Damasio, Spinoza, Gilles Deleuze, Oswaldo Giacoia, André Martins, Donald Winnicott

roteiro do episódio:

Previously on We
No episódio anterior...
T1E04: O mais potente dos aprendizados
O que fazer dado que não estamos no controle?
A consciência por Gilles Deleuze
Antonio Damasio
A Homeostase e os problemas básicos de um organismo vivo
Homestase
Níveis de regulação homeostática autômata, do mais simples para o mais complexo
Emoção ou sentimento: quem vem primeiro?
William James por Ernest Becker
A neurologia da emoção e dos sentimentos como chave
Por que Spinoza?
Spinoza
Einstein: o mais famoso fã de Spinoza
Para Nietszche: o mais honrado dos meus predecessores
Voltando à homeostase
A primeira realidade da existência
Conatus
A ideia central
O 'afeto' por Spinoza
A dinâmica dos 'afetos'
A composição e decomposição dos encontros por Gilles Deleuze
A causa adequada e inadequada dos afetos
O agir reativo
O agir autêntico
Donald Winnicott
A "energia vital" de Winnicott
Como deixar o papel de espectador do que nasce em nós?
O Estado de Passividade
O Estado de Proatividade
O mais potente dos conhecimentos
Liberdade para Spinoza
Somos livres, diz Spinoza
O mais potente dos aprendizados
Revisitando o propósito do AirBnb
Wise & Effective: Aquilo que somos e aquilo que fazemos
A transição do Wise para o Effective
Perguntas e Respostas
Close

EPISÓDIO T1E07

APRENDENDO A APRENDER COM A EXPERIÊNCIA

DURAÇÃO: 2h 53min
DISCIPLINAS: TEORIA DO APRENDIZADO
FEATURING: Edward Cell, John Dewey, Carl Rogers, Peter Jarvis

roteiro do episódio:

Previously on We
Nos episódios anteriores...
T1E07: Aprendendo a Aprender com a Experiência
As Teorias Experienciais
Os autores
John Dewey
Episódios de Experienciação
O resíduo do agir
Disjunção
O aprendizado como uma necessidade que precisa ser satisfeita
Carl Rogers
Aprendendo sobre o processo de aprender
Edward Cell: Learning to Learn from Experience
A aprendizado em um framework existencial
Faure Report [Documento Original]
Delors Report: The Treasure Within [Wikipedia | Documento Original]
Os 4 pilares do aprendizado
O contexto da 'luta para ser’
Capítulo 1: Aprendizado e a luta para ser
Aprendendo a mudar: comportamento, interpretação, autonomia e criatividade
Nossos hábitos como nossa segunda natureza
A dinâmica do aprendizado
O que nos leva a um futuro diferente?
O foco no processo, não no conteúdo
Aprendizado Funcional vs Aprendizado Disfuncional
Sobre aprender com a experiência
Sobre NÃO aprender com a experiência
Sobre aprender a coisa errada
Sobre aprender a coisa certa
O Aprendizado Eficaz
O lugar do aprendizado experiencial
Entendendo o Aprendizado Disfuncional
Extraindo sentido das situações
O que há nas situações que precisamos ver?
Agindo à luz da interpretação
A meta final do Aprendizado Eficaz
Aumentando e Diminuindo a potência
A impotência
O ‘ser alguém'
Não há nada automático em se tornar alguém
A necessidade de evitarmos a impotência
O efeito da impotência
A falha no teste da experiência
O aprendizado disfuncional como defesa contra a ansiedade
As duas tarefas primárias
A evasão da consciência sobre nossas limitações
Aprendendo a criar potência para nós mesmos
Por que criar potência para si mesmo?
O Aprendizado funcional
O preço do aprendizado funcional
O aprendizado que amplia nossa autonomia
Amando os nossos próprios limites
Lidando com as ambiguidades
Conclusão
A seguir no 'We’
Perguntas e Respostas
Close

EPISÓDIO T1E08

AS 4 FORMAS DE APRENDER

DURAÇÃO: 3h 17min
DISCIPLINAS: TEORIA DO APRENDIZADO
FEATURING: Edward Cell

roteiro do episódio:

Previously on We
Aprendizado Funcional vs Disfuncional
A Dinâmica do Aprendizado
Aprendizado Eficaz
A potência como forma de lidar com a impotência
T1E08: As 4 Formas de Aprender
When we learn we change
Mudar o que fazemos, e como vemos as coisas
Response Learning
Respondendo ao Mundo
O Estímulo na Fisiologia
Repondendo a uma situação familiar
Quando aprender é ser programado
Response Learning
A Psicologia Comportamental
Response Learning Tipo 1
B.F. Skinner: O Condicionamento Operante
O Modelo do Condicionamento Operante
As respostas “selecionadas” pela experiência
Response Learning Tipo 2
Pavlov: O Condicionamento Clássico
O Condicionamento Clássico
O Pareamento do estímulo neutro com a resposta
Response Learning Tipo 3
Nós somos o que fazemos
Nós somos os nossos relacionamentos
Onde está nossa liberdade?
Situation Learning
Quando se aprende uma nova programação
A interrelação entre Response Learning e Situation Learning
O valor da psicologia comportamental
As duas formas de aprender com a situação
O surgimento da necessidade de reflexão
Transcendendo as situações
Liberdade e Reinterpretação
A liberdade para criar
Criando a nós mesmos
Os resultados determinam o comportamento
Como mudar a maneira de nos comportarmos
Qual é o comportamento livre? E qual não é?
O elemento chave da nossa liberdade
A reinterpretação reflexiva como paradigma de liberdade
Liberdade como potência para reinterpretar reflexivamente
Assumindo riscos e a possibilidade de erros
O Fenômeno da Generalização
Generalização e Transferência de Aprendizado
Transsituation Learning
Interpretando nossos atos de interpretação
A potência mais profunda
A autonomia em senso mais pleno
Transsituation Learning e Empatia
Transcendent Learning
A socialização das interpretações
Todos podemos participar desses ‘atos de criação’
Não fomos feitos para a lei, mas a lei para nós.
Em busca do aprendizado funcional
Oportunidades e Limitações
Quanto mais sabemos sobre nós mesmos, melhor
Formas de engajamento
A Filosofia de vida: a ‘situação’ no sentido mais amplo
A ‘situação’ no sentido mais restrito
A eficácia para aprender da experiência
Conclusão
A seguir no 'We’
Perguntas e Respostas
Close

EPISÓDIO T1E09

aprendendo a refletir

DURAÇÃO: 3h 13min
DISCIPLINAS: NEUROCIÊNCIA, PSICOLOGIA, CIÊNCIA COGNITIVA
FEATURING: Peter Jarvis, John Vervaeke, Andrew Smart, Tabitha Kirkland 

roteiro do episódio:

T1E09: Aprendendo a Refletir
A disjunção como ponto de partida
Harmonia e Disjunção
Peter Jarvis e os tipos de aprendizado
O estado de harmonia e o aprendizado em sociedade
Em estado de harmonia não há aprendizado
Situações de não-aprendizado consciente
Quando a disjunção não causa aprendizado
Rejeição e desconsideração
Exemplos de rejeição e desconsideração
O aprendizado não-reflexivo
O aprendizado reflexivo
O pensar
O pensar como forma de responder a nossas experiências
Reflective & Planning Approach
A reflexão como uma atividade pós-experiência
A relação da reflexão com as emoções
Refletindo sobre o futuro (planejamento e estrategização)
O sonhar acordado: desejando o futuro
O aprendizado pré-consciente
Implicit Learning
A habilidade de detectar e interpretar padrões
Netflix "A Era dos Dados" Ep 1: Monitoramento
O papel da intuição
Captando padrões complexos do ambiente
Quando aprendemos implicitamente a coisa errada
Conectando padrões por meio de Correlação e Causalidade
Buscando padrões causais
Insights
Não há lugar seguro contra o autoengano
Self-deception
Dissonância Cognitiva
Mentindo para si mesmo nas pequenas e nas grandes coisas
As 5 formas de autoengano
A reflexão como grande arma contra o autoengano
A neurociência da reflexão
Andrew Smart
Sobre a ociosidade
No piloto automático
A ociosidade e o auto-conhecimento
Busyness vs Business
A 'default mode network'
Ressonância magnética funcional
A descoberta
O cérebro como sistema complexo
A atividade intrínseca do cérebro
A reflexão na anatomia do cérebro
A default mode network e o auto-conhecimento
Matéria: The science of self reflection - Dr. Tabitha Kirkland  
O que molda o cérebro
Nos libertando dos próprios padrões
Mindfulness sob a perspectiva da neurociência
Aprendendo a Refletir na Prática
Descobrindo o processo de reflexão que funciona
Situações de Reflexão
Leituras Reflexivas
Reconciliando-se com o "manter" para criar
Reflexão, Contemplação e Meditação
A participação da reflexão no processo criativo
No próximo episódio: Aprendendo a ser criativo
Perguntas e Respostas
Close

EPISÓDIO T1E11

aprendendo a SER CRIATIVO

DURAÇÃO: 2h 51min
DISCIPLINAS: NEUROCIÊNCIA, PSICOLOGIA, CIÊNCIA COGNITIVA
FEATURING: John Vervaeke, Domenico de Masi, Edward de Bono, Barbara Oakley, Jordan Peterson

roteiro do episódio:

Nos episódios anteriores...
T1E11: Aprendendo a Ser Criativo
Quem me trouxe até aqui?
O que é "Ser Criativo”?
A Criatividade como Habilidade
The Nine Dot Problem
John Vervaeke: Por que é um problema difícil?
John Vervaeke: O que está de fato envolvido no problema?
De onde deve partir o ‘frame' de atenção
John Vervaeke: Como chegar ao insight
Lateral Thinking
Edward de Bono
A mente como um sistema de criação de padrões
Voltando a habilidade de detectar e interpretar padrões
Identificando Padrões
Video: Satie - Gymnopédie No. 1
A necessidade do pensamento lateral
A função da mente é produzir o erro
John Vervaeke: Disrompendo os padrões
Como disromper os padrões?
O sequenciamento da chegada da informação
Ponto de bloqueio
A solução para o bloqueio requer uma disrupção do padrão criado
A situação criativa
Como ser mais criativo?
O cérebro em pulso
Focused vs Diffuse Thinking
O pensamento difuso
O método criativo de Salvador Dali
A técnica Pomodoro
Evitando a procrastinação: Processo vs Produto
A minha técnica
Escritórios Criativos (Google, Airbnb, Youtube, Ticketmaster, Lego, Inventionland)
Domenico De Masi: A criatividade como síntese
Entre o concreto e a fantasia
Domenico De Masi: No que consiste a criatividade?
Os grupos criativos
No próximo episódio: A Sociologia do Ócio Criativo
Perguntas e Respostas​
Close

EPISÓDIO T1E12

A SOCIOLOGIA DO ÓCIO CRIATIVO

DURAÇÃO: 3h 16min
DISCIPLINAS: SOCIOLOGIA
FEATURING: Domenico De Masi, Daniel Bell, Agnes Heller, Byung-Chul Hang, Alian Corbin, Vilém Flusser

roteiro do episódio:

Previously on We
No episódio anterior...
T1E12: A Sociologia do Ócio Criativo
A visão equivocada do ócio
Albert Camus: São os ociosos que mudam o mundo
Qual é a nossa expectativa de vida?
Preparando-se para o ócio
Revendo a posição do trabalho na vida
A visão de Aristóteles
Produtividade vs Força de Trabalho: uma tendência inescapável
Revendo a posição do trabalho na vida
Os 3 grandes problemas da era pós-industrial
Uma tese para o ócio criativo
A emergência da sociedade industrial
A exaltação da dimensão criativa das atividades humanas
Em busca dos percursos da invenção teórica, da descoberta científica, da criação artística
Uma inadequação à prevalência do trabalho intelectual
As sementes de uma nova sociedade
Os 13 estudos de caso
O papel nada marginal do espírito aproximativo
A conquista da complexidade e da relatividade
O Progresso Organizacional
O Reconhecimento da Organização Ágil e do Trabalho Remoto
O impacto do ‘management'
Sociedade em transição
A sociedade pré-industrial
A sociedade industrial
A sociedade pós-industrial
As previsões de Daniel Bell para a sociedade pós-industrial
O gráfico da grande mudança
Números da nova sociedade rural: muitos produtos, poucos produtores
Números da transição para a sociedade pós-industrial
Do homo ludens ao homo sapiens
Alain Corbin e o homo ludens
O cenário na transição para o homo sapiens
Otimismo
Daniel Bell e a sociedade como obra de arte
As necessidades no mundo pós-industrial
Voltando à pirâmide de Maslow
Necessidades Materialistas e Pós-materialistas
A limitação do modelo de Maslow
O modelo de necessidades de Heller
O individuo frente a suas necessidades
Que valores então emergem?
Os valores da sociedade industrial
Os valores da sociedade pós-industrial
Confiança, ética e estética
A exigência estética
Subjetividade e emoção
Virtualidade e globalização
O valor da “Qualidade de Vida”
O que fazer então?
1. Recuperar o aproximado
2. Trabalhar de modo solidário
3. Trabalhar em qualquer parte
4. Trabalhar menos
5. Aprender a ficar ocioso
No próximo episódio: Aprendendo a se relacionar com os outros
Perguntas e Respostas
Close

EPISÓDIO T1E13

APRENDENDO A SE RELACIONAR COM O OUTRO

DURAÇÃO: 3h 02min
DISCIPLINAS: PSICOLOGIA
FEATURING: Carl Rogers, Roberto Assagioli, Heidegger, David Chalmers, Jordan Peterson

roteiro do episódio:

Previously on We
Nos episódios anteriores: A hierarquia de Maslow e a auto-realização como direção
Nos episódios anteriores: A consciência e o salto para o subjetivo
Nos episódios anteriores: Conatus
Nos episódios anteriores: Spinoza e o mais potente dos conhecimentos
Nos episódios anteriores: Edward Cell e o aprendizado interpretativo
T1E13: Aprendendo a se relacionar com o outro
Carl Rogers
As três forças da psicologia
Uma transição: da psicoanálise para a psicosíntese
Roberto Assagioli e a Psicosíntese
Assagioli e a experiência como verdade
Jordan Peterson: 2015 Personality Lecture 10: Humanism: Carl Rogers
A consciência e o salto para o subjetivo
O ponto de partida
A experiência como autoridade máxima
Fenomenologia, David Chalmers e Consciência
The hard problem by David Chalmers
O 'ser' por Heidegger
Quando a realidade é o que você experiencia
O existencialismo: "Por que existe algo ao invés de nada?"
O pressuposto de Rogers
A Psicologia Humanista
A origem filosófica
O problema da linguagem instrumental nas relações
Mas como se comunicar se não instrumentalmente?
A resposta de Rogers
Livro: Tornar-se pessoa
As proposições centrais de Rogers
A natureza das relações
As condições para a relação que desenvolve
Condição #1: ser genuíno
Condição #2: aceitação e apreço
Condição #3: compreensão
A psicoterapia como exemplo do que são todas as relações
A motivação para a mudança
As características de uma relação de ajuda
A relação como fonte de crescimento
As relações entre pais e filhos
Trazendo para o âmbito das outras relações
As relações de ajuda eficazes
Como criar uma relação de ajuda?
Congruência
A segurança de si quanto à liberdade do outro
A compreensão empática
A consideração positiva incondicional
A confirmação do outro
O processo de tornar-se pessoa
As características da pessoa que aflora
Experienciando a si mesmo e a vivência do eu potencial
A abertura para a experiência segundo Maslow
A descoberta da positividade no centro da personalidade
A confiança no próprio organismo
A relação que torna o outro quem ele é
O que realmente significa ser o que se é
Um foco interno de avaliação
O desejo de ser um processo
O desaparecimento do eu como objeto
A aceitação dos outros
A aceitação dos outros segundo Maslow
A direção geral
Alguns mal-entendidos
Isso implica fixidez?
Isso implica maldade?
Conclusão
No próximo episódio: Aprendendo a existir: rumo a uma nova biografia
Perguntas e Respostas
Close