Governança Ágil: como se posicionar estrategicamente para uma transformação Ágil mais eficaz

É inevitável esbarrar com o problema da “Governança” quando se fala em transformação Ágil.

Em um dos seus livros, o Don Reinertsen coloca brilhantemente que “Você pode até ignorar o econômico, mas ele não vai ignorar você”. A gente percebe a sabedoria da frase quando vê que ela se aplica pra quase tudo: vida pessoal, projetos, negócios e para as organizações como um todo. Entretanto, pensando aqui no caso das empresas que hoje se esforçam para fazer a transição para o modelo Ágil, penso que não é errado dizer: 

“Na sua transformação Ágil, você pode ignorar a governança, mas ela não vai ignorar você”.

Na semana que vem, segunda-feira dia 24/06, nós vamos abrir as portas para um novo curso aqui na plataforma do Software Zen: o Governança Ágil.

Veja aqui mais detalhes…

Não sei se consigo imaginar alguém com mais autoridade para falar sobre esse assunto do que o Gustavo Maultasch.

Quem nos apresentou foi o meu amigo Alê Gomes. Foi em Brasília, por volta de 2016 (se não me engano). Mais tarde naquele ano, eu iria rever o Gustavo no Agile Trends, onde sua palestra sobre “Software Craftsmanship no Itamaraty” foi escolhida pelo público como a melhor palestra do evento. E foi mesmo! Eu estava lá assistindo. Foi tão boa que eu o convidei em seguida para ser entrevistado em uma das edições do Software Zen, onde tivemos um bate-papo sensacional junto com a turma.

Depois de algum tempo eu e o Alê voltamos a trocar figurinhas por causa do The Wise Manager. O nome do Gustavo surgiu novamente na conversa. Agora ele estava trabalhando no consulado brasileiro em Washington e, assim como eu havia feito no Wise Manager, expandindo intensamente o seu repertório para outras disciplinas como filosofia política, sociologia e teoria organizacional. Começamos a conversar sobre como estruturar essas ideias e trazê-las para a comunidade do Software Zen. Discutimos sobre o impacto da questão da governança e, ao mesmo tempo, o vazio que existe sobre esse assunto no Brasil. Rolou um encaixe conceitual perfeito.

Em maio desse ano, eu fui a Washington para uma conferência e tivemos a chance de conversar pessoalmente. Batemos o martelo. Em julho teríamos a 1a edição do “Governança Ágil” no Software Zen. Estou feliz de estar anunciando a abertura dessa edição aqui e agora nesse post.

Veja aqui como vai ser a 1a. edição do “Governança Ágil”…

Sinceramente, eu estou muito impressionado com a ementa do curso. Tem muita coisa boa ali!

Ali está o entendimento do que, de fato, é uma organização, como é sua dinâmica, e como a TI se enquadra nisso. Ali também você vai encontrar toda uma análise sociológica da estrutura burocrática e de controle que reagirá às tentativas de adoção de modelos emergentes. Vamos ver referências a todo um exército de sociólogos: Max Weber, Robert Merton, Alberto Guerreiro Ramos, Herbert Simon; além dos psicólogos: Kahneman, Haidt, Klein e por aí vai… 

Também fiquei muito interessado na discussão sobre o sistema sociotécnico, onde se trará a necessidade de promoção da inter-relação dos aspectos sociais e técnicos em busca de uma espécie de otimização conjunta. Tudo isso para entendermos como o Ágil requer um modelo organizacional apropriado pra se encaixar. Um modelo que requer uma cumplicidade estratégica da TI com os objetivos de negócio da organização. A era da “TI como garçom” já passou, e o Gustavo vai trazer Thomas Sowell e Michael Oakeshott para nos ajudar a ligar esses pontos (confesso que estou ansioso por essa parte 😉 ).     

No último módulo, um estudo de caso completo sobre como foi a construção real de um ateliê de software aplicando os modelos Ágil e Lean e os demais conceitos vistos no curso. Por meio desse estudo de caso, você vai receber toda a análise técnica do Gustavo onde ele conta como foi superar o modelo de fábrica; como ele estruturou o relacionamento com o resto da organização; como obteve apoio político e ownership; e como desenvolveu sua capacidade operacional. Também vai ter várias dicas e insights sobre como estruturar a gestão nesse modelo, empoderar as equipe técnicas e evitar as armadilhas do processo de transição.

O curso vai começar no dia 01/07 e as matrículas começam nessa segunda-feira, 24/06.

Fica aqui o convite então para você estar conosco nessa primeira turma. Eu estarei por lá e já estou aqui super ansioso para participar dessa jornada.

Tenho certeza que não sairei o mesmo do outro lado.

Não esqueça de clicar aqui para conhecer todos os detalhes do curso…


PS: O calendário de cursos do Software Zen para o segundo semestre de 2019 já está fechado, confira:

De 01/07 a 22/07 – 1a Edição do “Governança Ágil” com Gustavo Maultasch
De 16/07 a 13/08 – 3a Edição do “The Wise Manager” com Alisson Vale
De 07/08 a 28/08 – 1a. Edição do “The Way to Software Mastery” com Klaus Wuestefeld
De 02/09 a 23/09 – 1a. Edição do “Business Agility” com Luiz Parzianello
De 14/10 a 07/12 – 11a. Edição do Software Zen
De 05/11 a 26/11 – 2a. Edição do Liderança Sistêmica com o Henrique Santana

E no primeiro trimestre de 2020 (com datas a definir):
2a. Edição do Manutenção Ágil com Alisson Vale
2a. Edição do Agile Coaching DNA com Manoel Pimentel